Sobre o site...Como participar...Como patrocinar...Leitura recomendada...Loja virtual...Avisos legais...Cadastro...Contato...    
  
 
Ondina Ferreira
Imprimir  
Página Inicial
Atualidades
Biografias
Artigos
Especiais
Newsletter
Assinar
Colaboradores
Enviar
Como participar?
 

Ondina Silveira Ferreira nasceu em Araraquara, São Paulo, dia 15 de fevereiro de 1909. Em 1930 iniciou suas atividades de escritora. Em 1937 casou-se com o jornalista carioca Mário Ferreira, secretário da revista da Semana na qual Ondina passou a colaborar.

O primeiro livro de Ondina Ferreira foi o romance Outros dias virão, 1943, chegando a produzir mais de vinte obras. Foi também contista e escreveu peças de teatro. Fez parte do grupo literário da primeira metade do século XX que escrevia o romance tradicional onde mostrava a complexidade social e os desacertos entre a escritora e o meio ambiente onde vive. Denuncia, em sua obra, a hipocrisia existente na sociedade moderna que vivia de aparências e superficialidade.

Suas obras privilegiam a mulher de sua época que era escrava do lar e transgride os limites impostos pela sociedade desde a profissão, seja no lado amoroso e desvenda o tabu do sexo que deveria ser assumido mesmo fora do casamento. Como conseq?ência passou por frustrações existenciais e vivia em silêncio e solidão.

Ao longo de sua carreira Ondina recebeu vários prêmios por sua obra, entre eles o Prêmio Alcàntara Machado da Academia Paulista de Letras, Prêmio Romance-Pen Clube, Prêmio José Ermírio de Moraes do Pen-Clube de São Paulo.

Foi excelente tradutora de romances da língua francesa e inglesa e traduziu autores difíceis como Guy de Maupassant, Turgueniev, Balzac, Alexandre Dumas, Collete e outros.

Obras da autora:

Romance: Outros dias virão, 1943; Inquietação, 1945; E ele te dominará, 1944; Vento da esperança, 1947; Navio ancorado, 1948; Casa de pedra, 1952; Medo, 1953; Chão de espinhos, 1955; Enganoso é o coração, 1959; E é logo noite, 1963; Uma só carne, 1969; Nem rebeldes nem fiéis, 1970; é no silêncio que as sementes germinam (3? Prêmio Walmap-1973).

Peça de teatro: Areias movediças, 1951.

   

Voltar
Imprimir  
Industria Virtual...

Copyright ©2018 AllAboutArts. "Todos os direitos reservados".